Qualidade da Água



O termo qualidade da água refere-se ao grau de pureza ou ao padrão aceitável para consumo. Esse grau de pureza desejável depende do uso a que se destina a água, como pesca, turismo, consumo doméstico, uso industrial, geração de energia elétrica, irrigação, etc.
A avaliação da qualidade da água é o processo global de verificação da natureza física, química e biológica, em relação à qualidade natural, efeitos das ações dos humanos e usos esperados. Assim procura-se detectar e explicar as tendências e a relação de causa-efeito. Aspectos importantes nesta avaliação incluem a interpretação dos dados e o relato dos resultados, levando à elaboração de recomendações para ações futuras ou controle das já implantadas. A qualidade da água envolve, portanto, o monitoramento, a avaliação e a gestão.
 



Autor: Joel Dourado de Assis - graduando em Engenharia Sanitária e Ambiental

Monitoramento da Água - Para que serve?



A água é um recurso natural essencial, seja como componente bioquímico dos seres vivos, como meio de vida de inúmeras espécies vegetais e animais ou como fator de produção de vários bens de consumo, tanto final como intermediário.
O conhecimento e o monitoramento constante dos parâmetros de qualidade das águas fornecem informações sobre alterações potencialmente poluidoras do ambiente. Assim, para que o monitoramento de rios seja devidamente realizado, é necessário considerar a bacia hidrográfica, uma vez que toda a água da chuva que atinge o solo irá escoar em direção aos fundos dos vales e às drenagens, onde estão os sistemas fluviais. Portanto, os diferentes usos que se faz do solo refletirão em alterações da qualidade da água.

Autor: Joel Dourado de Assis - Graduando em engenharia sanitária e ambiental